Visando o bem-estar mundial e a preocupação com o meio ambiente, o 1º Registro de Imóveis de Joinville/SC em parceria com a Txai Desenvolvimento, abraçaram a causa Julho Sem Plástico para conscientizar a sociedade sobre os impactos que causam o uso e principalmente o descarte mal feito do material plástico. Durante este mês, apresentaremos as principais formas de poluição causadas pelo material plástico, seguido das soluções para que juntos possamos construir um mundo melhor para todos.

Um levantamento recente elaborado pela ONU Meio Ambiente, identificou que 127 países já possuem leis com restrições ao plástico. Seja através da proibição total ou criação de taxas e impostos sobre o comércio e a distribuição de produtos fabricados com esse tipo de material, diversos governos estão mostrando que não há mais como fechar os olhos para o problema.
No Brasil, já tramitam projetos de lei que restringem o uso e produção de sacolas, canudos plásticos, e cosméticos que possuem microplástico em sua composição.
A cada ano, mais de 8 milhões de toneladas de plástico acabam nos oceanos, provocando prejuízos à vida marinha, à pesca e ao turismo. O custo desses danos aos ecossistemas aquáticos gira em torno de, pelo menos, US$ 8 bilhões anualmente.

 

Clique na imagem para ler o artigo número 1



Comentário indisponível